Comissão atua pela proteção dos agentes e população carcerária, considerados mais vulneráveis aos impactos da pandemia

A OAB São Paulo, por intermédio da Comissão de Política Criminal e Penitenciária, implementou ação para arrecadar mais de 70 mil máscaras de proteção que estão sendo distribuídas aos agentes e funcionários do sistema penitenciário do Estado. A iniciativa, em parceria com o Projeto Sê-los, fundado em 2019, visa proteger o pessoal que trabalha nos locais, seus familiares e os presos que fazem parte do grupo mais vulnerável ao contágio pelo novo coronavírus.

A Comissão buscou angariar o máximo de doação para tentar frear a propagação da doença dentro do sistema prisional; para isso, também solicitou ao Governo do Estado e à Secretaria de Administração Penitenciária a realização de teste da Covid-19 em agentes e presos.