Por meio da sua Comissão de Direitos Humanos, a OAB São Paulo, organiza a campanha Rede Solidária com o objetivo de arrecadar e distribuir doações para a população em situação de rua. Seis pontos de arrecadação, em diferentes localidades da capital, estão prontos para receber alimentos, produtos de higiene, vestuário, botijões de gás e provisões para a rua, como barracas de camping, colchonetes, travesseiros e mochilas.

Para o presidente da Seccional e da Comissão de Direitos Humanos, Caio Augusto Silva dos Santos, o momento requer união para que a sociedade supere a crise enfrentada em decorrência do coronavírus. “Trata-se de mais uma contribuição da Ordem paulista no seu papel de amparo às questões da cidadania, para que todos os que queiram colaborar possam se envolver e doar itens que vão amenizar a situação de vulnerabilidade dos que vivem ao relento, tão agravada diante dessa pandemia sem precedentes na história da humanidade”, pondera o dirigente da Advocacia paulista.

Confira os endereços onde funcionam os postos de arrecadação/distribuição:

Paróquia S. Miguel Arcanjo, Rua Taquari, 1100, Mooca
Missão Belém, Rua Doutor Clementino, 608, Belenzinho
Casa de Oração do Povo da Rua, Rua Djalma Dutra, 3, Luz
Associação Rede Rua, Rua Sampaio Moreira, 110, Brás
Coletivo Tem Sentimento – Carmen da Luz: Alameda Glete, 464, ap. 22, Campos Elíseos
Centro de Acolhida Zancone: Avenida Imperatriz Leopoldina, 1335, próximo ao Ceagesp